QUE TIPO DE CRÉDITO DEVE TER?

Imagem compraja 1
Quantos de nós não sonham em comprar um belo jipe para percorrer os trilhos da Arrábida, ter uma casa, comprar um barco para atravessar o maravilhoso Sado ou iniciar o nosso próprio negócio na baixa da cidade? Na maior parte das vezes, para concretizar estes sonhos financeiramente mais abastados (ou até para o caso de uma emergência), temos de recorrer ao crédito e, dentro deste, existem várias alternativas acessíveis. Por estes motivos, o ComparaJá.pt, em parceria com a SetubalTV, mostra-lhe que tipo de crédito deve ter.
Se a necessidade é certa, as dúvidas, no entanto, surgem quando se pergunta o que deve fazer exatamente. Deve pedir um empréstimo com prestação mensal ou adquirir um cartão de crédito? Existe ainda a possibilidade de solicitar uma linha de crédito?
A primeira coisa que deve ser ponderada assenta precisamente no objetivo específico para que se solicita um empréstimo. Aderir a um produto ou serviço financeiro não devia ser difícil, mas é. Trata-se de um compromisso financeiro grande (especialmente se se tratar de crédito à habitação ou automóvel, por exemplo) e a decisão final também dependerá fortemente do facto de o dinheiro ser utilizado para fins profissionais ou pessoais.
Uma decisão financeira errada pode afetar a vida de uma família ou de um indivíduo durante muito tempo e esta afirmação tornou-se ainda mais certeira a partir do momento em que eclodiu a crise das dívidas soberanas e as famílias deixaram de liquidar as suas dívidas – muitas tiveram de entregar as suas casas e outros bens, sendo que a expressão “crédito malparado” tornou-se uma realidade no dia-a-dia dos bancos.
Não existe uma única solução que seja aplicável a todos os objetivos – o produto que é perfeito para comprar uma mota não é o ideal para pagar umas férias de duas semanas num resort em Tróia.
Imagem compraja 2

SEM COMENTÁRIOS

Deixe a sua resposta