RIXA À PORTA DE UMA DISCOTECA ACABA EM MORTE

inemacidente

Um jovem de 24 anos morreu e outros dois ficaram feridos com gravidade na sequência de uma rixa à saída de uma discoteca na zona industrial de Corroios, no Seixal, distrito de Setúbal.

O alerta foi dado às 7 horas e 31 minutos de domingo, na sequência de agressões que envolveram armas de fogo no exterior da discoteca Glow, em Corroios, adiantou um responsável do Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal.

A vítima mortal, identificada como Johnny, era operário da construção civil e ia ser pai em breve, segundo a SIC Notícias, que entrevistou um primo que se mostrou chocado com o desfecho daquela que parecia ir ser apenas mais uma noite animada numa discoteca.

Segundo o relato do familiar, terá sido um segurança a alvejar Johnny, que foi transportado para o Hospital Garcia de Orta já sem vida, enquanto os outros dois indivíduos, Jay e Edmilson, ficaram feridos com alguma gravidade e foram socorridos também no hospital de Almada.
O primo da vítima mortal explicou ainda que os desacatos terão ocorrido já à saída da discoteca, no final da festa intitulada “I love Cabo Verde”.

A PSP do Seixal estava a tentar localizar os suspeitos, que terão fugido do local do crime numa viatura. A Polícia Judiciária, que recolheu provas no local, incluindo uma tesoura encontrada no chão, está a investigar o incidente.
As operações de socorro mobilizaram para o local três ambulâncias dos bombeiros do Seixal e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital Garcia de Orta.

Esta não terá sido a primeira rixa em discotecas desta zona, onde são frequentes as festas privadas. Em Janeiro de 2013, a polícia foi chamada para socorrer dois brasileiros que tinham sido atacados por um grupo de seis portugueses também à saída da discoteca Glow.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe a sua resposta